Orquestra Filarmônica de Valinhos

A Orquestra

Sobre

A Sociedade Filarmônica de Valinhos foi estatutariamente fundada em novembro de 1997, porém iniciou efetivamente sua atividade musical em meados de 2003, com a criação da Orquestra Experimental, composta por um pequeno grupo que se reunia na Casa da Cultura de Valinhos sob a batuta do maestro Luís Fernando Ficher Dutra.
No início de 2004, Luís Fernando cede a regência da orquestra ao maestro Gualberto Basavilbaso, iniciando um novo formato orquestral, e, posteriormente, a pianista e regente Ana Carolina Sacco assume o projeto, garantindo sua continuidade.

A Orquestra Experimental dá lugar à Orquestra Filarmônica de Valinhos, que desde então consegue significativa evolução em seu aspecto artístico - graças ao empenho dos maestros que estiveram à frente da OFV, como os regentes Luana Madeira Lamas, Moisés Cantos e Walter Nascimento - e também no aspecto estrutural - graças aos patrocínios e apoios de grandes empresas do setor privado. Todas estas conquistas permitiram à OFV a expansão de suas atividades em parcerias com instituições artísticas e sociais da cidade e região.

Atualmente a Orquestra Filarmônica de Valinhos é formada por aproximadamente 50 instrumentistas, um maestro titular, um maestro adjunto, além da diretoria, e é hoje reconhecida como um dos mais importantes bens culturais da cidade de Valinhos, se apresentando regularmente na cidade em espaços como o Teatro Multiuso da Câmara Municipal de Valinhos, onde realiza os já tradicionais concertos nas manhãs de domingo. Realiza também concertos em outras cidades da região, além de turnês por outros estados.

Graças principalmente às Leis de Incentivo à Cultura, como a Lei Rouanet e o ProaC (Programa de Ação Cultura do Estado de São Paulo), a orquestra pode, com sua ajuda, crescer e atingir um alto nível de excelência e reconhecimento público. Saiba como clicando na aba 'colabore / seja um apoiador', no cabeçalho do site.
© 2011-2017 - OFV
PRODUZIDO POR NEO INTERNET